quarta-feira, 9 de outubro de 2013

                              Saudade,que confusão!
Madri ,aeroporto de Barajas,daqui a pouco começa a rotina,sempre é assim,mas seu ser está diferente,está tenso,sempre fica tenso,há algo de estranho,um medo misturado com alegria,gozo e aflição,não consegue definir.
A tensão não é a mesma de todos os dias,nunca antes havia acontecido,alguns colegas o cumprimentam,friamente,como sempre,só Maria que não,ela sempre lhe sorri de forma diferente,alegre,contagiante,deve ser seu lado latino.
Já se encontra na cabine,não pode pensar em mais nada,uma oração e concentração.
Daqui duas horas estará em terra novamente.
Antes, ficava louco para a viagem demorar,apesar de o tempo sempre ser o mesmo,mas agora não,seu jeito de ver a vida mudou,sua esperança está renovada,porém há um problema a ser superado, a língua.
Há uma angústia misturada ,parece ter feito uma salada de frutas com seus sentimentos ,não consegue definir nada,seus fios embolaram,pane em sua cabeça.O que fazer?
Conhece aeroportos do mundo inteiro,mas poucas cidades,vai e vem,sem um lugar só seu,seu olhar triste,sem jeito,tímido.
Saudade, essa palavra que ela insiste em dizer não haver em outra língua ,só na dela.
Que diferença há ?No tradutor vê essa palavra como desejo ardente,cobiça.Ela diz que não,que é uma lembrança que dói,que às vezes é gostosa e ele não consegue entender.
Uma pergunta que não cala,será que os falantes dessa língua têm sentimentos diferentes?Amam diferente e sofrem e alegram ao mesmo tempo e a isto dão o nome de saudade?
Precisa urgentemente aprender esta língua ,ela está conseguindo tirá-lo do sério.Lábios vermelhos,desejo,muito desejo e ela não permite.
Precisa vê-la,só conversar no chat não basta,quer mais,quer ver o olhos de jabuticaba.
Ela parece ser simples,e não como as mulheres que ele conhece,cheias de charme,belas,porém sem o brilho da sinceridade.
Ela se diz filha das montanhas,ela sempre compartilha fotos de uma amiga que vive entre
as montanhas ou gosta delas,não conseguiu entender direito.Realmente as fotos são lindas e o lugar sugere paz.
"Paz é isso,preciso que meu coração,meu espírito,todo meu ser encontre paz.A perdi desde quando por acaso,descobri aquela mulher no facebook e começamos a conversar."
Meu tradutor faz com que briguemos,eu entendo tudo errado , ela fica nervosa.
Preciso aprender que saudade não é lembrança ,pois eu digitei e ela disse que é uma lembrança diferente,mas diferente como?
Insisti e digitei recordar,novamente ela diz que saudade é mais do que recordar,ás vezes é um recordar alegre,em outras é recordar com tristeza,digo que não entendo,e ela insiste em dizer:"Senti saudade" e fico lembrança,recordação,alegre e triste,saudade.
vou aprender Português,custe o que custar,vou ao Brasil conhecer a menina morena dos meus sonhos e ainda vou com convicção e verdade dizer a ela que senti saudade,mas primeiro preciso compreender melhor a língua para não dizer bobagem e magoá-la ou até mesmo ser palhaço,pois há palavras que digo e ela ri.
Tudo seria mais fácil se todos soubessem Inglês.
"Estou trabalhando na Espanha e no entanto só me comunico em inglês.Tenho que estudar Espanhol para aperfeiçoar-me mais e relacionar com as pessoas daqui,mas preciso urgente aprender Português para descobrir o segredo em sentir saudade que ela me diz que pode ser gostosa."
Que confusão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário