sábado, 30 de abril de 2011

Decepção com sindicato

Sempre há uma esperança de que nossa categoria irá se unir,que seremos
reconhecidos,etc.,...,......
Na verdade estamos mesmo é sem representação.
O Sindicato que nos representa parece ter somente discurso e poucos argumentos.
Será que estou enganada?

2 comentários:

  1. Não. Isso é o que tem sido demostrado para a categoria. Mas, nada nos impede de nos unirmos e cobrarmos da direção sindical que seja feita a vontade e pela necessidade da categoria. Deveriamos começar tirando uma greve no dia 04/05. Para quê esperar mais? Sem essa de ficar só paralisando ... e o pior, aguardando eleições dos novos diretores de escola para só depois cuidar do nosso bolso. já falei para uma representante que isso é enrolação. Dentre outras coisas. Enquanto isso o governo ganha tempo e vai encontrando novas estratégias para arrochar a educação.

    ResponderExcluir
  2. Cara Marlene

    Concordo plenamente com o comentário feito por Bê. Cabe à categoria se mobilizar e cobrar dos seus representantes, seja sindicato,vereador, prefeito, governador, senador ou presidente a solução para os problemas.

    A grande dificuldade é que se fala muito em cidadania, mais poucos agem como cidadãos de fato, preferindo recuar no tempo até a época do Antigo Regime, onde o Rei/Estado é que decidia tudo não tendo o povo voz!

    Com o fim do antigo Regime, à custa de muita luta e sangue derramado, a humanidade conquistou o direito de escolher os seus representantes e o poder de precioná-los para atingir os seus objetivos.

    Os sindicatos por exemplo dependem da contribuição dos seus filiados, uma chuva de e-mail deixando claro a intenção de desfiliação, imediatamente vai fazer estes representantes se lembrarem que sua situação é temporária e só é aceita a partir do momento que estão trabalhando na defesa dos nossos interesses.

    O mesmo vale para os políticos, através do lobby as grandes empresas conseguem a aprovação dos seus projetos, pois a gordas contribuições para as campanhas levam essa turma a agradá-los. Entretanto, os eleitores são mais poderosos do que o poder econômico das grandes empresas, pois se um político qualquer receber 50.000 mensagens de eleitores indignados, sabe que seu lugar de representante está ameaçado, de nada adiantará os bilhões de uma campanha milionária para mantê-lo no poder, logo diante da ameaça ao seu poder escolherá os votos das próximas eleições. Mas se nós na nossa inércia não colocamos os nossos representantes em cheque, a coisas vão continuar assim indefinidamente.

    Tá na hora de nos conscientizarmos e exercer a nossa cidadania. Quem sabe faz a hora, não espera acontecer!

    Grande abraço

    Graça Aguiar

    ResponderExcluir