terça-feira, 30 de novembro de 2010

Artista Plástico-Sr cantídio



Sr Cantidio Rodrigues de Castro foi o artista homenageado pelo 3ºB.
Foi uma grata satisfação recebê-lo em nossa escola,uma vez que ele, hoje, mora em Betim e veio exclusivamente para prestigiar a feira.
O trabalho deste artista é minucioso, todo feito em fios de cobre.
Sr Cantídio é nosso orgulho.

Nossos Políticos









Ex-prefeito de Inhapim revela seus dotes literários

O escritor César Augusto Torres foi o nome escolhido para as homenagens do 3ºA,pois o tema era Literatura e Política.Nossos alunos leram o seu livro e o explicou a todos.
Foi um momento de cultura e emoção.









Mulher e agronegócio

A empresária rural,Maria das Dores Belgo Militão Barroso,foi destaque em nossa feira na parte do agronegócio.

Boa administradora,essa empresária tem também um visão cultural,pois seu projeto de transformar sua fazenda em um museu rural,merece todo o nosso apoio.

Joaquim Antônio(Gato) poeta concretista,músico e artista plástico

O2ºD nos mostrou um artista incrível,o Gato.
Além de pintar muito bem,ele é um excelente compositor e cantor.Inhapim se orgulha em tê-lo como filho do coração.



Padre Geraldo_O grande orador

O maior orador da diocese de Caratinga,Padre Geraldo Homem de Faria,foi o homenageado no 2ºC
Com 12 livros publicados,o saudoso padre marcava culturalmente nossa sociedade.
Foi diretor da Escola Estadual"Alberto Azevedo".
Figura carismática,amiga,e motivo de orgulho de seus paroquianos.
Esse padre deixou saudades.






Duas Marias


A escritora Maria de Lourdes Sousa e a voluntária Maria das Dores de Oliveira Lima foram homenageadas pelo 2ºB.
São duas histórias de vida que acabaram se entrelaçando nesta feira.
A escritora Maria de Lourdes após a perda de seus pais ,parte em busca de novos horizontes,consegue ter a capa de seu livro feita por Ziraldo.Sua comunidade,córrego dos Januários,se transforma em um curioso campo de resgate cultural,graças ao trabalho incansável desta mulher.
Maria das Dores é inhapinhense de coração,prestou e ainda presta trabalhos voluntários no campo da saúde,amparando os mais necessitados.
Ela é exemplo de desprendimento.




Ronald Rocha é lembrado em feira cultura



Os alunos do EJA3 fizeram um excelente trabalho a respeito da vida e obra de Ronald Rocha,desenvol
-vendo o tema de seus livros e momentos marcantes da vida deste escritor.

Historiadora de Inhapim é homenageada

Stella Matutina Chaves,foi homenageada pelo 2ºA,por seu livro histórico "Cantinho da Saudade".
Stella era a marca presente da cultura em nossa sociedade.
Era pianista,historiadora e cronista. Nossa historia local foi objeto de estudo dessa grande mulher.
Infelizmente essa estrela da cultura inhapinhense já não se encontra entre nós.

1ª turma da escola é lembrada com carinho


O 1ºH fez uma linda homenagem aos alunos da primeira turma da Escola Estadual "Alberto Azevedo".Muitos desses ex-alunos compareceram e se emocionaram.

Márcia Villela é palco de atenções


A escritora Márcia Villela se fez presente na Feira Cultural,onde esbanjou alegria e simpatia.
Em 2011,ela estará em Paris,para publicação de seu trabalho em Francês.
Estamos muito orgulhosos de tê-la como filha da terra.
Márcia,ao lado do aluno Willian,da professora Sara Lene,e de Maria das Dores.





1G-Literatura e Judiciário


Duas mulheres ,filhas de Inhapim ,marcam o nosso judiciário.
A juíza Drª Maria Aparecida Grossi Andrade,que atualmente se encontra no Vale do Aço.






DrªGlaúcia Costa ,promotora de justiça no Rio de Janeiro.

Ex-professora de nossa escola e escritora recebe homenagens

A escritora Maria Geralda Cardoso,também recebeu
atenção em nossa feira cultural.
Ela é uma das filhas da terra com obras publicadas.

Autônomos são homenageados(feira cultural)

Os nossos autônomos receberam homenagens dos alunos do 1ºF.Pessoas simples que com seus trabalhos engrandecessem nosso município.




segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Alan Viggiano e Moacyr Viggiano

Os irmãos escritores
Alan e Moacyr Viggiano foram trabalhados e tiveram exposição sobre vida e obra,feito pelos alunos do 1ºE.


retratos de Alan




Moacyr





















Retratos feitos pelo professor Geraldo(Lalado)

Placidina Faladeira


O artista
Agnaldo Pereira,também foi lembrado.
Fazendo o papel de um velha faladeira,ele sempre fala na terrinha

Contadores de História


Os contadores de histórias foram homenageados pelo 1ºE.Um tempo em que as crianças se deliciavam com os que contavam e faziam as histórias acontecerem na imaginação.



Foto de Sr Agenor(Genorim),contando um de seus"causos"






Saudoso Hilário Grossi


Neuraci Vieira


Painel sobre uma das obras do escritor Neuraci Vieira.

Rosina Chaves

O 1ºD fez um excelente trabalho sobre a professora e escritora inhapinhense Rosina Chaves que não esteve presente,mas com grande empenho e delicadeza enviou material para nossos alunos.


Lili(feira cultural)


o 1ºC fez um trabalhos sobre música e uma das pessoas lembradas foi Rosely do Carmo da Silva.
Um encanto de pessoa,uma artista nata,uma lutadora.
Lili merece ser homenageada sempre.

Expedito e Guido Silva Araújo (feira cultural)

Presença do escritor Inhapinhense Guido Silva Araújo
Guido e sua sobrinha professora Tânia


Os irmãos Expedito e Guido foram homenageados pelo 1ºB

Médico por excelência(feira cultural)

O 1ºA de nossa escola fez uma justa homenagem ao médico:Dr Thomas Cimini Lucca,pessoa da mais alta estima de Inhapim,homem que dedicou sua vida em prol dos outros.
Painel



Dr Thomas ,suas filhas e a professora Marlene

Dr Thomas,sua filha Mônica e alguns alunos do 1ºA





Retrato de Dr Thomas feito por um artista local






Feira Cultural

Foi um sucesso a exposição de trabalhos de nossos alunos,dia 27 de novembro,sábado.
O interessante é que foi feito um trabalho de muita pesquisa,muito investimento e não tivemos ninguém da 6ª Superintendência de Ensino de Caratinga para apreciar.
Tivemos uma presença significativa de nossa comunidade,nossos alunos foram excelentes em suas explicações.A eles nossos parabéns.
Quando se faz um trabalho digno de ser mostrado,gostaríamos da presença de nossos inspetores
pois o que percebemos é que eles estão indo até as escolas somente para verificar papeladas e saber se estamos repondo greve.
Uma feira do gabarito dessa,deveria ser contado mais de um dia letivo.
No entanto,nossos superiores educacionais fecham os olhos para tal evento.
Fica aqui esse desabafo.