domingo, 31 de outubro de 2010

PARABÉNS DILMA,PARABÉNS BRASIL

QUE A FORÇA DA MULHER POSSA SE FAZER PRESENTE, NESTE NOVO JEITO DE OLHAR PARA O BRASIL,NESTA NOVA FORMA DE ACREDITAR NA FORÇA DA MULHER.
QUE MATÉRIA DE CAPA A VEJA IRÁ TRAZER?
ESPERO QUE TRAGA ESTAMPADO O ROSTO FEMININO DE UM NOVO BRASIL.
GANHOU A DEMOCRACIA.

sábado, 30 de outubro de 2010


Sem demagogia e com esperança, devemos mais do que nunca assumir nosso voto e ajudar a contruir a história de nosso país.
Chega,acabou,mesmo tendo de conviver com nosso"colega AZIA",usaremos o antiácido DILMAIS.
A Vitória será nossa e que cada professor faça valer a nossa força através da nossa vontade de votar.
Até a vitória.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Pausa para a poesia


Pedra azul

Caminhos de surpresa

Sonhos para vivenciar

Visão deturpada pela névoa que insiste em aparecer

Esperança de verão ,

Numa primavera com cara de inverno.

Mas a visão da Pedra azul

Faz esquecer a falta de sol

E preparar para a vida que se renova a cada estação.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Cuidado


Antes, eu temia o bicho-papão
Hoje meu medo não é o pseudo da Regina Duarte.
Temo que nossa gente mais sofrida possa ter que voltar a sofrer com a falta de um governo que se comprometa com o social.
Um manifesto foi pedido para ser feito e em nome de minha classe profissional que ,infelizmente caminha para a extinção,veio dizer que toda esta politicalha maldosa,com uso da internet para
apologia do crime eleitoral,com falsos emails ,com ataques escandalosos,contando com uma mídia comprada, deturpando fatos,enganando pessoas que sem instruções acabam caindo na lábia destes larápios de sentimentos e outras coisitas...
Professores,que possamos dar o troco,mostrar nossa dignidade e passar para os nossos alunos,familiares,emails verdadeiros de que basta toda essa lama.Vamos consciente votar em DILMA.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Um dia para ser comemorado sim


Parabéns a cada um que se encontra nesta foto ,tirada por mim, em maio deste ano.
Parabéns a cada um que se fez presente em nossa luta por dignidade.
Parabéns a cada um que colaborou para a nossa formação.
Parabéns a cada colega, que nesta semana estão repondo aulas,enquanto que muitos gozam das
merecidas folgas destinadas à"Semana do Professor".
Parabéns a cada um que faz de sua tarefa de ensinar,algo mais do que"dador" de aulas.
Parabéns a cada um que não se intimida perante perseguições,deixo aqui meu abraço ao professor Euler que se viu" encurralado"em perseguições mesquinhas.
Parabéns a cada um que enfrenta salas cheias,sem estrutura,e que no final,depois de um ano
letivo se vê feliz,com o dever cumprido.
Parabéns a cada um que enfrenta dificuldades em se fazer entender por alunos rebeldes e famílias omissas.
Parabéns.....
Temos que comemorar e nos parabenizar por ainda acreditarmos que fazemos a diferença ,mesmo quando muitos querem nos fazer acreditar no contrário.
Acreditar no nosso sonho,no amor com que ensinamos e ao mesmo tempo aprendemos e sobretudo na união de nossos anseios em contruir um Brasil melhor,mesmo sabendo que enfrentaremos por mais quatro anos o governo de nosso"nobre colega".
Parabéns e força na caminhada.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

É preciso acreditar no potencial de nossos alunos.
No dia 25 de setembro,foi realizada em nossa escola,uma feira Regional,onde contamos com a participação das escolas das cidades de Tarumirim e Dom Cavati.
A feira foi um sucesso.Outro dia falarei das apresentações dos trabalhos, pois hoje eu gostaria é de parabenizar os nossos alunos-artistas.
Após o resultados dos trabalhos vencedores,nós de Inhapim,apresentamos nossa prata da casa,alunos que fazem da música a forma de sua expressão artística.
Parabéns a cada um de vocês que engradecem nosa escola.
Em novembro teremos a feira unificada onde o tema será: Em Inhapim "Santo de casa faz milagres e merece aplausos", e antecipo a cada aluno que se doa,que busca o crescimento cultural,espiritual,que está de bem com a vida,mesmo enfrentando problemas,que foge das drogas,a cada aluno antecipo meus aplausos.

Pagando promessas


Há poucos dias eu prometi,em sala de aula,a um aluno meu que eu faria uma crônica para ele,e como ele passou a cobrar,tentarei fazer não uma crônica,mas pelo menos uma descrição deste nobre aluno.
Para se ter uma ideia,ele é o rapaz que segura o crachá com um ar de deboche.E ele é assim mesmo.Sempre debochando das coisas,em bom sentido.
Nunca chega à escola na hora certa,sempre tem uma boa desculpa,canta de GALO,isso mesmo,sempre falando no galo,sonha em sair da zona de rebaixamento.
Se o galo ganha no final de semana é uma tortura aguentá-lo.Se perde,coisa que vem acontecendo com frequência,que me desculpem os atleticanos pois não é essa a minha intenção de magoar vocês,mas a verdade é que LUCAS FREITAS, é esse o nome da figura a quem estou me referindo,incomoda quando o assunto é futebol e quando também não é.
A verdade é que ele figura entre os galãs da escola,incluo aqui todos os meus alunos,pois cada um tem uma beleza especial.
Você que me lê deve estar pensando que Lucas é o máximo, e ele é mesmo.Vejamos o porquê:
Sempre puxando saco de professor em véspera de prova.
Sempre fingindo saber a matéria toda e esperando um vacilo do professor para conferir a resposta com o colega.(Como qualquer aluno).
E quando vai apresentar uma obra literária,ele faz de conta que vai dar um"show" e de repente
tira um lembrete e passa a ler.
Tirando a sua paixão doentia pelo galo,ele é gente boa demais.
Não fiz a crônica,que acredito ele merecer,porém fica através deste" menino maluquinho",a minha homenagem a cada aluno que me respeita e que tem carinho por mim.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Bola prá frente


Ontem eu fiquei com uma raiva danada,destas que faz a gente desistir da vontade de lutar.
Hoje, porém, percebo que não compensa esse sentimento e que é assim mesmo,pois ainda estamos longe do sonho de união.
o que vi durante o dia de ontem,foi uma insatisfação em votar,na fila em que eu me encontrava
várias pessoas reclamando da obrigatoriedade do voto.Outras dizendo que iriam votar em branco e outras coisas mais.
Na parte da tarde fui para São Sebastião do Anta,um pequeno município que se emancipou de Inhapim há doze anos,e lá vi muita confusão em torno de determinado candidato ao legislativo federal.
Nem em Inhapim,nem no Anta vi pessoas falando de candidatos ao governo,parecia que todos combinaram em não falar e sim votar.
"Cada povo tem o governo que merece". E nós merecemos, pois o que se viu de professor que foi para as ruas ,gritou contra o atual governador e que de última hora, em nome não sei de qual ideologia,saindo com lideranças políticas, pedindo voto para aquele que antes diziam brigar.
Permaneço firme na minha ideia de que professor é mais do que salário,é antes de tudo respeito que vem de várias formas,e foi isso que faltou,o respeito,o amor próprio.
Que nosso voto não fazia falta foi dito,e agora comprovado.
Mas mesmo assim,não desanimarei,estarei gritando,lutando,não pelos outros , e sim por amor a mim mesma,por respeito aos meus alunos e sobretudo por acreditar que mesmo tendo traíras,ainda somos pessoas capazes de transformar esse nosso estado.
Bola prá frente,que aquele que realmente acredita,se fortalecer a cada derrota e se prepara para novas batalhas.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Depressão pré-eleição


Estamos chegando a reta final de uma eleição que parecia ser a nossa desforra,que valeria nosso grito,que lavaria nossa alma.
Não sei se o estresse e o cansaço de fim de ano e reposição de aulas, está nos levando a uma espécie de depressão.
Não adianta chorar sobre o leite derramado,mas a verdade é que há um desânimo no ar.Sei que fizemos nossa parte,mas ficou faltando aquele pouquinho,ficou faltando aquela informação e sobretudo ficou a garra para convencer alguns colegas de precisavamos nos unir.
Alguns aderiram com garra,mas a verdade é que muitos estão sem um lenitivo,pois não acreditam mais em políticos.
Faltou uma vontade de luta,ou melhor faltou um candidato em que aparecesse esta vontade de uma luta maior.
Quase não se viu foto do candidato opositor ao nosso "querido professor governador", pelo menos aqui em Inhapim e região os diretórios do PMDB não fazia questão de ter.
Aliás a maioria destes diretórios só faziam propagandas para deputados.
Mas é preciso continuar a acreditar,fazer nosso papel de professor e fazer uma limonada com o limão que a vida nos oferece.