quarta-feira, 28 de julho de 2010

Num Momento

A luz que tanto brilhava,apagou-se para acender com mais intensidade no além.
A flor que tanto enfeitava,morreu ao entardecer para reviver mais bela no paraíso.
A gaivote solitária,quis ir até o horizonte e se perdeu.
O passarinho engaiolado viu-se livre por um minuto e morreu em meio a tanta liberdade.
A lua sentiu-se dona do mundo e escondeu-se na escuridão da noite.
A menina triste sorriu ao passar o palhaço.
A mulher apaixonada contemplava o retrato de seu amor,moldurado em seu coração.
Num momento o milagre acontece,você aparece.
E num pequeno momento tudo se transforma,a luz,a flor,a gaivota,o passarinho,a lua,a menina e a mulher,tudo volta a ser o que é.
Só você é que vai para sempre.(escrito em 20/ 10/ 1980)

Nenhum comentário:

Postar um comentário